Homenagem ao Presidente da Junta (A SÉRIO)

Como podemos nós criticar o nosso presidente da Junta?!!!
Éramos pequeninos e já o José Folgado tinha “séculos” da lida…
Tomara todas as freguesias poderem ter um presidente como o nosso.
 
Desta vez falo eu – Paulo Silva – e falo por mim. Bem sei que ser presidente da junta não é fácil… sê-lo numa freguesia como São Marcos é de herói.
São Marcos é uma aldeia fantástica, de boa e humilde gente, mas – temos que admitir – “governá-la é obra”. Quando sai de lá – tinha 13 anos – chorei semanas a fio e senti a falta daquela enorme “família”. Sempre que podia, regressava lá. No “romantismo” da idade fiz juras de nunca mais abandonar aquelas pessoas, aqueles lugares…
 
Passaram 17 anos – para ser exacto – e a única diferença é que o José Folgado está mais velho!!! A sua energia, a sua vontade, a sua força continuam as mesmas. Luta contra a desertificação, contra os fogos, contra as penalizações que os maus governos socialistas lhe trazem, contra tudo e contra todos… Outro já tinha mandado tudo “à fava”, mas o nosso presidente resiste.
 
A oposição reconhece o seu valor, a presidente da Câmara reconhece o seu valor e todos os que não reconheçam podem sentar-se na cadeira dos intelectuais “esculpida” pelo Óbelix (ver 2 posts atrás).
 
Sou amigo – do peito – do ex-candidato do PSD (Luís Cabrita), respeito profundamente o candidato da CDU (José Dias), mas – que me perdoem os dois – apesar de não fazer parte do ciclo de amigos do presidente quero prestar-lhe a minha homenagem.
 
Este vai ser um dos poucos “posts” em que se falou “sério a sério”… A politica da casa é falar “sério a brincar”…
publicado por Paulo Silva às 23:16 | comentar | favorito
sinto-me: